Tirando o lixo do sistema

Lixo, lixo, lixo…

Algo que todos tem em algum lugar mas ninguém gosta. Consome espaço, pode deixar mais lento e normalmente não tem utilidade.

Fazer isso manualmente realmente é uma tortura tão grande quanto assistir A cura da insônia(ok, nem tanto).

Nesse caso o melhor a fazer é automatizar a tarefa. Por que não? Afinal, nesse tempo economizado você pode sair com sua mulher(afinal, melhor você do que o Ricardão =]).

Você pode ser responsável pela morte de um gatinho :X

Mafagafos vivem no lixo do PC e eles matam gatinhos

Recentemente fiz um script para isso, mas ele é um tanto básico, vamos ver algo mais completo.

Vamos falar do Bleachbit(não, não estou falando de Bleach).

Bleachbit é um programa que tem com objetivo destruir os Ricardões, ela tenta fazer você ter mais tempo pra sair com a sua mulher.

Ele remove arquivos desnecessários ou ao menos não tão úteis pelo espaço ocupado, ele faz isso tanto em arquivos do sistema quanto de mais de 50 apps.

Algumas delas muito usadas como o Firefox, Amule, Java(Argh!), Internet Explorer(não, não me diga que você usa), etc, etc, etc….

Primeiro, vamos à instalalação:

  • Arch Linux: yaourt -S bleachbit
  • Ubuntu: apt-get install bleachbit
  • Fedora: yum install bleachbit
  • Windows: Vai no site e se vira
Huhu, 25% do espaço ocupado é por lixo

Huhu, 25% do espaço ocupado é lixo

Viu, nem foi tão difícil(a menos que você usa um certo sistema que faz você ter que ir no site baixar), no seu menu deve ter 2 ícones em Sistema(caso você use o sistema citado anteriormente, ele deve estar no meio das 316327 entradas que seu menu tem), um é pra abrir como usuário normal e o outro como root(se você usa o sisteminha não se preocupe, você não precisa mexer com essa coisa chamada ‘root’, ela só é responsável por impedir que os vírus roubem suas senhas e ferram com seu computador). Com o root(que infelizmente não tem poderes de super-vaca) você pode remover também arquivos do sistema, o que ajuda a ter uma limpeza completa(principalmente se você possuir um pentium 4 que devido ao sobre-aquecimento causado pela temperatura de 30~37°C(HERE IS HELL!!!) chega a fazer um log de 100mb/hora).

Como dá pra ver na screen ele dá varias opções, e elas só aparecem se forem necessárias, por exemplo, não aparece a opção do aMSN se eu não tiver cache dele :)

3 thoughts on “Tirando o lixo do sistema

  1. Firefox 3.5.3 Linux

    Ainda não testei mas é bom hein kkkkkk…os chefes q se cuidem pois agora q ninguém mais vai ter q ficar removendo navegador pra não ficar aquele histórico ou ficar entrando nos canais do irc e perguntando como se apaga histórico….Boa iniciativa a sua…..vai parar o trabalho no Brazil agora kkkkkkk….

  2. Chromium 4.0.239.0 Linux

    ah kra, rodei aqui e foi de boa, mas o mais foda eh, vc tem 2 arquivos, um velho e um novo, vc da um rm no novo pra colocar o velho no lugar, mas vc na verdade deu rm no velho… isso me deixa puto :X

Deixe uma resposta